Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

Buscar  
Brasil

Publicada em 12/11/16 às 11:07h - 273 visualizações
MPF vê suspeita em R$ 3,3 bi pagos a 874 mil beneficiários do Bolsa Família

Blog de Alvinho Patriota


 (Foto: Portal Serrita)
Levantamento do Ministério Público Federal (MPF) encontrou mais de 874 mil beneficiários do programa Bolsa Família suspeitos de receberem o repasse dos recursos de forma indevida. De acordo com o levantamento, o repasse a essas pessoas chega a R$ 3,3 bilhões entre o início de 2013 e maio deste ano.

Segundo o MPF, o levantamento apontou grupos de beneficiários com indicativos de renda incompatíveis com o perfil de pobreza ou extrema pobreza exigido pelas normas do programa.


De acordo com o levantamento, as bases de dados cruzados foram fornecidas pelo próprio governo federal, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pela Receita Federal e pelos Tribunais de Contas estaduais e municipais.


Entre essas pessoas que supostamente receberam repasses sem se enquadrarem nas normas do Bolsa Família estão empresários; mortos; servidores públicos com famílias de até quatro pessoas; doadores de campanha; e servidores doadores de campanha (independentemente do número de pessoas na família).


O Ministério Público analisou todos os valores pagos pelo Bolsa Família no período de 2013 a maio de 2016. Nesse período, o governo federal pagou, aos 21,4 milhões de beneficiários, R$ 86,1 bilhões.


Ao analisar os dados, o MPF encontrou indícios de irregularidades nos repasses a 874.115 beneficiários, o que representa 4,07% do total. Essas pessoas receberam, em pouco mais de três anos, repasses que somados chegam a R$ 3,31 bilhões - ou 3,84% do total repassado pelo governo.


O MPF enviou recomendações a 4.703 prefeituras no período de julho a setembro deste ano, com prazo de 60 a 120 dias para que os gestores municipais informassem o número de irregularidades confirmadas e de benefícios cancelados. As respostas às recomendações ainda estão sendo recebidas e processadas pelo órgão.


O levantamento do Ministério Público aponta que em apenas 30 cidades do país não foram encontrados indícios de pagamentos suspeitos.


Fonte: G1




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
Hora Certa

Estatísticas
Visitas: 15708927 Usuários Online: 288


Publicidade Lateral
Associado AblogPE



Giro de Notícias

Fan Page

Parceiros

WWW.PORTALSERRITA.COM.BR OS MELHORES EVENTOS ESTÃO AQUI!
Copyright (c) 2019 - Portal Serrita - Todos os direitos reservados