Seja bem vindo ao nosso site Portal Serrita!

Buscar  
Política

Armando Monteiro: "Legado do PSB é colocar Pernambuco no fim da fila entre os Estados com menor investimento público"

Publicada em 14/02/2022 às 20:24h - 22 visualizações Blog do Roberto Gonçalves

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Armando Monteiro:

O ex-senador Armando Monteiro (PSDB) comentou nesta segunda-feira (14) o relatório do Tesouro Nacional que mostra Pernambuco nas últimas posições dentre todos os Estados brasileiros no quesito investimento público.

 

Segundo o levantamento, Pernambuco amarga o 17° lugar no volume de investimentos absolutos e cai para a 24ª posição quando considerados os investimentos em relação ao que foi arrecadado (receita corrente líquida).

 

“Diferentemente do que o governo alardeia, o desempenho de Pernambuco no que toca aos investimentos públicos estaduais é constrangedor, e demonstra claramente a incapacidade do governo do PSB. Os dados divulgados pelo relatório do Tesouro Nacional, pasmem, indicam que Pernambuco foi ultrapassado largamente por Bahia, Ceará, Alagoas, Maranhão e o Piauí, este último com receita estadual três vezes menor do que a de Pernambuco. Já Alagoas, cuja receita estadual é menos da metade de Pernambuco, investiu mais de duas vezes”, compara.

 

Armando se refere aos dados trazidos pelo relatório do Tesouro Nacional indicando os investimentos públicos realizados pelos estados e Distrito Federal em 2021. Em números absolutos, Pernambuco ficou em 17° lugar no ranking nacional, com R$ 1,8 bi de recursos investidos. Bahia (R$ 5,6 bi), Alagoas (R$ 3,9 bi), Ceará (R$ 3,8 bi), Maranhão (R$ 2,9 bi) e Piauí (R$ 1,9 bi) ficaram à frente de Pernambuco.

 

Já quando se considera o investimento sobre o que foi arrecadado pelo Estado (receita corrente líquida), Pernambuco despenca para a 24ª posição, com um percentual de 5,6%, metade da média nacional. Para se ter uma ideia, Alagoas foi o Estado que mais aplicou, destinando 30,8% de sua arrecadação para investimentos públicos, sendo seguido no Nordeste pelo Piauí (16,4%), Maranhão (15,8%), Ceará (15,1%), Bahia (12,4%), Paraíba (9%) e Sergipe (5,9%). No Nordeste, apena o Rio Grande do Norte, com 5,3%, teve índice menor que Pernambuco.

 

“Que ajuste fiscal é esse que coloca Pernambuco no fim da fila?”, questiona Armando, lembrando que no último ano o Estado também amargou a última posição no ranking de lugares para se investir no País, divulgado pelo Banco Mundial.

 

Ainda segundo o ex-senador, este tem sido infelizmente um padrão reproduzido nos últimos seis anos da atual gestão, com uma média muito baixa de investimentos sobre a receita em torno de 3%. “E mesmo que 2021 tenha sido um ano extraordinário para o conjunto de estados do País, com crescimento de arrecadação de quase 30%, Pernambuco ainda ficou nessa posição vexatória”, conclui




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Hora Certa

Curta nossa Fan Page!
Publicidade Lateral
Graduação Uniplan
ATEL TELECOM
Graduação Uniplan 02
ATEL TELECOM
Anuncie Aqui
Estatísticas

Visitas: 21208959

Usuários Online: 11

Parceiros
Blog do Alvinho PatriotaSertão EventosEventos WESerrinha FMSite MisériaBlog Santa Cruz 24 hsPetrolina NewsBlog Paulo BenjeriAtel TelecomRádios.com.brOnline Rádio BoxCâmara de Vereadores de Serrita
WWW.PORTALSERRITA.COM.BR
Copyright (c) 2022 - Portal Serrita - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, radio matutos, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD